Escrivaninha 32

Penso, logo escrevo

Casamento

Publicado por JC sob em 08:56

— Amor?

— Sim?

— Vamos casar?

—M-mas...

— Olha, eu já pensei em tudo. No Buffet, na igreja, na decoração, na data... Hoje mesmo a costureira vem aqui em casa pegar minhas medidas para a confecção do vestido. Sabe o Julhinho? Então, ele poderia ser o nosso padrinho.

— Você não ach...

—Aqui. Essa aqui é a lista de convidados. Acho que não está faltando ninguém.

— Não estamos indo rápido demais?

— Rápido demais? Namoramos durante três meses, já faz duas semanas que estamos noivos e você ainda me diz que estou sendo precipitada?

— É que aconteceu tudo muito de repente e...

— Bem que a Margareth disse, você só queria transar comigo. Vocês homens são todos uns insensíveis. Como eu fui burra... Burra...!

— Mas amor...

— Não me chame de amor. Pra me levar para a cama você já me conhece o suficiente, mas pra casar não, ainda sou uma desconhecida... Acabou!

— Não é isso... O que você está fazendo?

— O que você acha que estou fazendo? Vou voltar para a casa dos meus pais. Você não merece o meu amor. Como eu fui idiota...

— Tudo bem, eu caso.

— Eu sabia que você aceitaria. Eu te amo. Nunca duvide disso.

— Eu também te amo. Espera! Que nome é esse tatuado nas suas costas?! Lucas?! Quem é Lucas?!

— Tinha me esquecido de te contar. Vai ser o nome do nosso filho. Gostou?

— Filho? Você está grávida?

— Ainda não, mas já pensei em tudo.

8 comentários:

Rosangela A. Santos disse... @ 20 de maio de 2009 11:49

kkkkkkkkkkk

Adorei o dialogo .. kkkkkkk

Mas acho que hj as mulheres não estão amis assim não hem??
doidas pra casar ... foi-se o tempo ... a mulhereda agora quer sua independecia, e conquistas no trabalho ..

Abç.

Renata Bertolini disse... @ 20 de maio de 2009 12:46

rsrsrs
As mulheres de fato mudaram, mas eu conheço umas que já sabem qual vestido de casamento vai usar e o nome dos filhos... Só falta o marido!! rsrsrs

Fialho disse... @ 20 de maio de 2009 13:07

parabens pelo layout e pelo conteudo

ta bom demais

abraços

Sabina Insustentável disse... @ 20 de maio de 2009 13:15

rsrsrsrsrsrsrs! Minha identificação tb foi plena! Claro que vc "superlativizou" o que nós mulheres sentimos. Ah, esse medo do cara só querer levar a gente pra cama... :(
Mas ultimamente ando avessa a casamentos, pensando que nem homem. Ah, é só ver a tradução do que a união matrimonial significa naquela música do Chico "casamento dos pequenos burgueses".
A-DO-REI! Vou passear pelo seu blog.
Beijos.

déьoяα disse... @ 21 de maio de 2009 01:23

É estou tentando não reclamar tanto da vidaa!!!

Obrigada por comentar lá no meu blog!

Qi bom q vc me intende!! =D
Bem legal o seu blog!

Sucesso pra vc tbm!!! =)

=*

Branca disse... @ 22 de maio de 2009 01:37

A palavra casamento dá até urticaria. rsrs

Adorei a forma bem humorada que abordou o tema. Como as coisas são hoje em dia. Certamente ela já pensou tambem no advogado que vão contratar para o divórcio.

Fica aqui o meu convite pra conhecer o meu blog.

bjos

James Almeida disse... @ 22 de maio de 2009 08:12

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Essa sim pensa BEM antes de fazer as coisas. :P

Abraço!

Paula, a Abiúda disse... @ 21 de agosto de 2009 13:59

Cara fikei com falta de ar lendo esse texto. Imagina a sensação claustrofóbica q é namorar alg assim!!! haushuaha

Ótimo texto ^^

Postar um comentário

 

Contador de posts e comentários

Este blog contém posts e comentários. Obrigado pela visita!

Seguidores